Lifting Frontal (Olhos)

No Comments

lifting frontal

Lifting frontal é o procedimento que visa suavizar rugas e expressões da face.  A região dos olhos é a mais expressiva da face. Dependendo da posição das sobrancelhas e das pálpebras, podem conferir à pessoa uma expressão fisionômica que muitas vezes não corresponde ao seu estado de espírito. Muitas vezes a queda da sobrancelha pode simular um falso excesso de pele das pálpebras superiores. Por este motivo esta parte do nosso corpo requer avaliação especializada para que seja indicada a melhor técnica.

 

O lifting ao redor dos olhos  pode ser associada ao da face, a cirurgia das pálpebras e ao lifting da fronte, para isso um melhor resultado.

Lifting Frontal:Considerações Técnicas

A cirurgia é realizada através de pequenas incisões que ficam escondidas no couro cabeludo. Com auxílio do endoscópio, que se assemelha a uma caneta com uma câmera na ponta, conectado a um monitor de tevê, se consegue ter uma clara visão das estruturas sob a pele.

Com o auxílio de instrumentos específicos são tratados os músculos e reposicionados os tecidos.

Lifting frontal:Tipo de Anestesia

 

O Lifting das sobrancelhas é feito com anestesia local, precedida de uma medicação calmante. Por ser uma cirurgia superficial, não pede a aplicação de anestesia geral.

Recuperação

A recuperação da videoendoscopia também é mais rápida quando comparada à cirurgia convencional. Os pontos são removidos em uma semana, e em dois dias o paciente poderá voltar a lavar os cabelos.

Orientações pós-operatórias

  • Mantenha repouso relativo nos 8 primeiros dias.
  • Faça compressas geladas nos olhos e não deite de lado.
  • O curativo colocado na cirurgia é retirado no dia seguinte. É feito então um curativo menor que será retirado no dia seguinte.
  • Siga rigorosamente a prescrição médica.
  • Não utilize outros analgésicos além dos recomendados.
  • Os pontos do couro cabeludo são retirados em torno de uma semana após a cirurgia.
  • Poderá haver edema das pálpebras até o 3º dia depois da cirurgia, quando então começa a regredir, apresentando um aspecto natural por volta do 7º dia.
  • Exposição ao sol pode ser feita após 20 dias gradativamente.
  • Exercícios físicos moderados podem ser iniciados após 30 dias.

Fio Russo

A técnica do Fio Russo foi desenvolvida em 1999, usada de forma básica e simples. Um fio de polipropileno, parecido com o que é utilizado em cirurgias, com farpas especialmente orientadas, que são capazes de, assim que aplicadas, funcionar como uma âncora no tecido facial. São aplicadas de acordo com direções que realizam o efeito lifting (elevação) pretendido. As farpas impedem que o fio se mova, mantendo a elevação, e a sua compatibilidade com os tecidos permite a sua aceitação pelo organismo.

Por sua simplicidade de aplicação, pode ser utilizado em uma grande faixa etária e, em épocas mais precoces, quando uma cirurgia ainda não estaria indicada.

Pode ser utilizado isoladamente ou associado aos outros procedimentos clássicos como o Botox e o Preenchimento.

Seu uso é indicado principalmente para a flacidez da face e do pescoço.

Categories: Sem categoria

Deixe uma resposta